Vereadores acatam mudanças na Previdência municipal

Com 25 votos favoráveis, foi aprovado em primeiro turno, nesta segunda-feira (26), o projeto de lei que altera a previdência dos servidores públicos de Curitiba. Nove vereadores foram contrários e um se absteve de votar. A deliberação ocorreu na Ópera de Arame, local indicado pela Secretaria de Segurança Pública do Paraná após duas invasões consecutivas do Palácio Rio Branco.

Além da operação financeira com R$ 600 milhões do IPMC (Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Curitiba), e de desobrigar o Executivo de recolher a contribuição patronal referente aos inativos, o projeto aumenta a contribuição dos servidores da ativa, de 11% para 14%, e da prefeitura de 22% para 28%. Também revoga os repasses extras da prefeitura ao IPMC (Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Curitiba) previstos na lei municipal 12.821/2008 e corta pela metade a taxa de administração do IPMC, de 2% para 1%.

Categorias:Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s